Agricultura Familiar agora deve declarar ao eSocial todos os meses

Agricultura Familiar Esocial

Veja como a Agricultura Familiar deve informar a comercialização da sua propriedade ao eSocial para não ter problemas com o INSS e Receita Federal

 

A partir do dia 20 de outubro de 2021, trabalhadores e trabalhadoras na Agricultura Familiar ficam obrigados a declarar ao eSocial todos os meses o que foi comercializado na propriedade. Essa declaração deve ser feita até o dia 15 do mês seguinte.

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar de Santa Catarina, FETRAF-SC, orienta que agricultores e agricultoras não deixem a declaração para a última hora, “estamos alertando para que os agricultores procurem o SINTRAF e façam essa declaração com a ajuda dos Sindicatos, que estão capacitados para informar a comercialização da sua propriedade sem erros”, explica o coordenador, Jandir Selzler.

A entidade destaca a importância dos agricultores familiares procurarem a ajuda profissional dos Sindicatos dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (SINTRAFs) em razão dos detalhes técnicos que o sistema exige, “se não cumprir com todos os requisitos e não responder todas as questões da maneira correta, o agricultor ou agricultora poderá ter sérios problemas com o INSS e com a Receita Federal”.

Segundo a Federação, o agricultor ou agricultora que não fizer essa declaração mensal poderá perder os benefícios do INSS e ter problemas na hora de declarar o Imposto de Renda.

Quer saber o contato do SINTRAF da sua cidade ou região? Clique aqui.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Mais postagens